Entrevista para o blog Tempos de Gestão

Há alguns dias atrás concedi uma entrevista para o blog Tempos de Gestão da escritora Farah Serra, onde falei sobre meu trabalho como Embaixador do Bliive, uma rede colaborativa de troca de tempo que está promovendo uma revolução nas relações sociais, e minha visão sobre as novas economias.

Veja como ficou:

(Conteúdo reproduzido do blog Tempos de Gestão)

“A economia colaborativa e a esperança de um mundo melhor”

Alonso Alves Pereira Neto por Farah Azenha Serra 15/09/2015

alonso

Alonso vem de diferentes ambientes empresarias onde esteve em contato com pessoas de diversos meios, em que comumente trocavam aprendizados e experiências. “Acredito que todas as pessoas têm algo a aprender e todas têm algo a ensinar, e que o crescimento na vida é uma questão de troca. Sozinhos podemos ir longe, mas com a ajuda das pessoas não temos limites!. Muito legal, não?! Agora descubra por que o Alonso é tão fã do Bliive que resolveu até se tornar embaixador.

“Em todas as minhas experiências profissionais e pessoais, sempre me perguntei como contribuir com as pessoas e com o meio em que me relaciono.”

Alonso Alves Pereira Neto, empreendedor e autor do blog Cocriando Valor, é formado em Administração, especialista em Marketing e muito interessado por modelos de negócios inovadores. Ele conta que ficou fascinado quando conheceu o Bliive. “Meu primeiro contato com o movimento foi uma entrevista da Lorrana (fundadora do Bliive) em outubro de 2014, para o programa Navegador da Globo News. Por acaso eu estava trabalhando e assistindo televisão e de imediato me chamou a atenção a proposta do Bliive e a visão de como as pessoas poderiam compartilhar experiências entre si sem depender do dinheiro, mas trocando um valor igualmente disponível a todos: o tempo. Logo de cara eu já quis saber mais sobre o assunto, comecei a pesquisar e vi que se tratava de uma iniciativa muita nova, brasileira, o que me deixou ainda mais animado.” E completa, “me impressionei não só com a proposta, mas também com o modelo de negócio”.

Ele não perdeu tempo, no mesmo instante fez o seu cadastro e começou a explorar a rede, e na medida em que navegava se sentia cada vez mais entusiasmado com as possibilidades que encontrava nas experiências oferecidas. Hoje ainda é difícil conciliar as atividades do Bliive com as atividades do dia-a-dia, trabalho, estudos, atividades físicas, família, lazer, etc., mas ele normalmente disponibiliza de 2 a 3 horas para o Bliive por semana, sendo 1 hora por dia, sempre adequando à sua agenda.

Já naquele primeiro contato Neto se identificou muito com a proposta e com a visão do Bliive e desde então sentiu vontade e a necessidade de contribuir de alguma maneira para expandir a ideia. Foram essas razões que o fizeram se candidatar para ser um embaixador Bliive. Foi uma surpresa muito boa, quando soube que havia sido selecionado, mas era como se isso já estivesse escrito em algum roteiro. Pois Alonso acredita que cada coisa, cada encontro, acontece porque tem que acontecer.

“Quando recebi a notícia de que havia sido selecionado como Embaixador Bliive fiquei extasiado. Sinceramente eu não esperava que fosse aprovado, mas mesmo assim internamente eu sempre me imaginava participando de forma ativa do movimento.”

O seu lema é: “Co-criação para mudar o mundo”. Alonso tem o sonho de ser um grande influenciador nesse caminho.

Agora como Embaixador, Alonso encara seu papel de fomentar o Bliive em seus meios sociais. E para isso ele espera difundir o movimento e fortalecer o ideal da economia colaborativa.

“Eu ajudo porque compartilho da mesma visão do Bliive e vejo a economia colaborativa como a possibilidade de uma revolução no mundo, a ruptura de um modelo de consumo capitalista para consumo colaborativo.”

Neto vê no mundo atual uma dependência extrema do dinheiro.

“Vivemos em uma sociedade baseada no consumo, em produtos descartáveis, relações virtuais, onde o ter é mais importante que o ser. Infelizmente a forma como grande parte da humanidade vive hoje, não permite que as pessoas tenham conforto e qualidade de vida sem ter dinheiro.

“É a lógica do consumo. Claro que existem diversas possibilidades de se viver bem sem se submeter às amarras do capitalismo, mas a verdade é que esta é uma realidade para poucos. Para a grande maioria das pessoas, a felicidade está ligada não ao que elas são, e sim ao que elas têm.”

Para ele é muito difícil romper com esta lógica, mas o que o anima é o surgimento de pessoas e iniciativas iluminadas que trazem novas perspectivas para as relações humanas.

Vejo a economia colaborativa como uma revolução e o Bliive muito mais que uma simples plataforma, mas como uma poderosa rede de colaboração, que através do compartilhamento de habilidades, conhecimentos ou simplesmente tempo, pode mudar a forma como nos relacionamos com o dinheiro e com o mundo, além de possibilitar o desenvolvimento pessoal de milhares de pessoas ao redor do planeta.”

colaboracaonovarevolucao

O mundo ideal para Alonso seria um mundo colaborativo, onde o objetivo não seria o crescimento individual, mas a prosperidade de todas as pessoas em sintonia com o meio ambiente. Ele nota que hoje já começamos a ouvir que o consumo colaborativo é a principal tendência econômica para o Século XXI.

“Se esta previsão se concretizar, e isto é algo pelo qual eu vou lutar, acredito que haverá uma grande mudança nas relações sociais.”

“Em primeiro lugar a preocupação não será mais a posse ou uso individual, mas sim o valor coletivo das coisas. E em segundo lugar e muito importante, será a “credibilidade” de uma pessoa, que não será mais baseada no saldo que ela tem na conta bancária, mas sim em sua reputação diante os meios sociais. Nesse momento acredito que a humanidade terá dado um salto de evolução e estaremos transitando de um período de dificuldades e aprendizado no mundo para uma nova era de prosperidade.”

Uma nova perspectiva para as relações entre as pessoas. Possibilidade de crescimento e evolução pessoal. Compartilhamento e aprendizado. É assim que Alonso vê o Bliive.

Com certeza, Alonso acredita que o Bliive pode gerar impactos positivos na sociedade. O Bliive incentiva o consumo colaborativo. Ao compartilhar experiências, habilidades e tempo, as pessoas criam novas possibilidades de relações, valorizando os talentos e as trocas, criando um ambiente mais colaborativo e fortalecendo as conexões sociais. Definitivamente é uma nova perspectiva para o mundo.

Neto faz um alerta para os que já estão na plataforma:

“Temos a oportunidade de melhorar o mundo em que vivemos conectados por uma rede mundial de colaboração. Vamos lutar por uma economia mais colaborativa. Esta é a nossa revolução.”

“As possibilidades são infinitas, e a perspectiva de uma economia mais colaborativa traz a esperança de um mundo melhor.”

E conclui te jogando ‘aquela’ pergunta: “E você, está preparado para conhecer uma nova perspectiva de vida e reduzir a dependência do dinheiro?”

Alonso Neto por Farah Serra, Embaixadores Bliive – 15/09/2015


Os Embaixadores Bliive segundo Farah Serra:

O Alonso, o João Carlos, a Bianca, a Paula, eu, e mais 45 pessoas espalhadas em todo o mundo, fazemos parte do grupo de Embaixadores Bliive. Fomos escolhidos através de um processo de seleção. E agora além de sermos identificados dentro do portal pelo selo no nosso perfil pessoal, também temos – entre as diversas frentes de geração de impacto – a incumbência de levar esse movimento para a realidade em que vivemos.webliive

Clique aqui para conhecer e participar do Bliive

Veja o perfil do Alonso no Bliive

Veja o perfil da Farah no Bliive

Você também pode encontrar o Alonso no seu blog Cocriando Valor e no Linkedin


Reprodução do conteúdo do blog Tempos de gestãoFarah Azenha Serra

Cocriando Valor

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s